Relógio medidor de energia: como escolher o ideal para a sua construção?

3 minutos para ler
Tempo de leitura: 3 min

Um relógio medidor de energia é utilizado para medir a corrente, tensão e potência elétrica de uma rede local. Geralmente, é aplicado na leitura do consumo, considerando um determinado período. A partir dos números obtidos, o medidor faz um cálculo e transforma a contagem em quilowatt-hora (kWH).

O seu funcionamento se dá por meio do eletromagnetismo. Quanto maior a potência elétrica na bobina eletromagnética, maior será o registro no contador. A escolha certa do contador pode garantir eficiência e segurança para os usuários.

Para ajudar você a escolher o relógio medidor de energia ideal para sua construção, a seguir, apresentaremos os modelos existentes e o que considerar antes da compra. Continue com a gente e confira!

Quais os tipos de medidores?

Basicamente, existem três modelos de medidores de energia: ciclômetro, digital e analógico.

Ciclômetro           

O ciclômetro é o tipo mais simples de relógio medidor de energia. Ele tem a mesma capacidade que outros modelos, porém a sua configuração é básica, mostrando apenas algarismos grandes e escuros na sua tela.

Digital

É o modelo mais novo dos medidores de energia. Em razão da facilidade de leitura, com os números da tela sendo de simples entendimento, o tipo digital vem tomando o lugar do analógico.  

Analógico

Ainda é o modelo mais utilizado e que apresenta maior configuração. O medidor analógico conta com quatro relógios de ponteiro que, em sequência, formam o número equivalente ao consumo de energia.

Como escolher o relógio medidor de energia ideal?

Agora que você já conheceu os tipos de medidores de energia, é o momento de conferir as dicas para não errar na escolha durante o seu cronograma de obra. Veja o que é importante considerar:

  • quantidade de casas ou estabelecimentos;

  • entrada aérea ou subterrânea;

  • monofásico, bifásico, trifásico;

  • concreto ou tubo galvanizado;

  • saída aérea ou subterrânea;

  • lado rede ou contra rede;

  • valor da carga.

Todavia, em geral, a principal preocupação deve estar na quantidade de potência que será utilizada. Por exemplo, pequenos estabelecimentos e residências, normalmente, utilizam potência baixa. Com isso, os modelos mais indicados são o ST5200T e o ST5250, pois já apresentam transformadores de corrente embutidos.

Já em indústrias ou grandes supermercados a potência é mais elevada. Por isso, é recomendável o uso de modelos que apresentam transformadores de corrente externos, como os modelos ST9430R ou ST9250R.

Em caso de troca, qual o procedimento?

Depois que o medidor estiver instalado e com tudo funcionando corretamente, a troca deve ser feita com o aval da concessionária de energia. É necessário que ocorra uma comunicação formal entre a fornecedora e o consumidor, apresentando dados de leitura retirados do relógio.

O cliente também pode acionar a concessionário caso perceba que o medidor não está funcionando corretamente ou a leitura realizada não corresponde ao consumo rotineiro do local.

A escolha certa do relógio medidor de energia é muito importante para que o usuário alie eficiência com custo-benefício. Além disso, um medidor de qualidade representa mais segurança para os frequentadores do local. Para não errar na compra, conte com a ajuda de um especialista e adquira sempre produtos de empresas confiáveis.

Agora que você já sabe como funciona esse equipamento, acesse nossa página e encontre os melhores medidores de energia do mercado!

 

Rock Content

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Share This
Scroll Up